Pois é...
   'ó nóis aqui traveis!'

Alô, alô, som? tá dando pra ouvir?

Pois é, eu tinha desistido dessa coisa de blog porque eu não sei falar apenas de trivialidades. Eu sempre me exponho muito e acabo dizendo para o mundo o que deveria dizer somente para mim.

Hoje eu resolvi que talvez fosse bom escrever aqui de novo. Poderia criar mais um blog e começar de novo, mas acho que recomeçar aqui seria melhor. Meus melhores escritos estão aqui (procurem entre novembro de 2007 e julho de 2008) e terão a companhia de textos que dizem muito mais de mim do que qualquer descrição que eu possa fazer.

Lendo os dois anos que escrevi aqui, vejo que mudei, minha vida mudou, mas algumas coisas permanecem iguais.

Então é isso,



Escrito por Vivis às 23h21
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Servimos bem para servir sempre.

Nos mudamos para: eu, no chile


3, 2, 1 BUM!

CÂMBIO, DESLIGO!

 



Escrito por Vivis às 23h16
[] [envie esta mensagem] []


 
  

olha só, eu to triste pra caralho, vi o que eu não queria ver, muito por um acaso do destino e na hora eu não soube o que fazer...  na verdade eu queria era ter dito um monte de coisa. mas meus pudores e essa merda que eu ainda to sentindo não me deixaram fazer nada. e assim termina meu ano.



Escrito por Vivis às 00h32
[] [envie esta mensagem] []


 
  

hoje eu vi uns amigos que eu gosto muito. alguns de uma década quase, outros de alguns meses, mas os vi. uns eu demorarei pra ver de novo, outros, verei amanhã, mas com certeza, sentirei muita saudades de todos.

aquelas pessoas que dividiram umas cervejas comigo hoje dividiram a vida comigo muitas vezes. uns foram amigos de felicidade, outros conhecem todas as minhas dores, até mais que eu.

eu tenho cinco amigos com quem conto sempre. cinco amigos, nos dedos de uma mão. mas eu sei que mesmo quando eu tiver atrás dos andes posso contar com eles.

à eles eu só posso dizer muito obrigada por estarem comigo sempre. muito obrigada.



Escrito por Vivis às 02h23
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Então, quando eu digo que o blog vai acabar não é porque eu não vou mais escrever e talz, ainda mais que estarei longe e a forma mais fácil de mandar notícias será via blog mesmo.

É que a linha editorial, por assim dizer, no blog novo, deve ser um pouco diferente desse aqui. E o endereço também. Porque eu meti na cabeça que quero tudo diferente o ano que vem (ainda que eu não acredite muito nesse negócio de mudar o ano). E esse blog aqui tem tanta mágoa, e tristeza e raiva que não combina com o que eu quero.

Mas ele vai continuar por aqui, pra eu sempre me lembrar como é que eu resolvi mudar. Devia ter guardado o mutações também, que foi escrito numa época bem fodona da minha vida, mas eu apaguei e pronto.

A vida sem amor pra mim é de uma chatice sem fim, e eu não estou apaixonada, nem sofrendo, nem feliz, só levando uma vida besta e arrumando as malas, e fazendo listas e já sentindo saudades e com medo do caralho de tudo.

Isso de não ter amor pra mim é pior do que ter e sofrer por isso. Porque é chato, não tem aquela ansiedade monstra, não tem e-mails, nem sms, nem posts fodões como os que eu escrevi no começo deste ano.

E sem um pouquinho de amor e sem um pouquinho de sexo pra movimentar a vida de funcionária padrão, com uma profissão bem comum, fica difícil. Fica bem difícil escrever.

E segundo as previsões - eu acredito no tarot, já disse isso uma vez aqui, eu acho - a minha vida vai continuar sem amor. Eu nasci pra ser uma pessoa sem amor. Justo agora, que revi meus conceitos e queria constituir família. Mentira. Não quero não. Só queria aprender a amar de novo, e confiar e acreditar no que me dizem.

É isso, eu não sei escrever sem ter amor.



Escrito por Vivis às 21h28
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Feliz Natal e um ano novo muito diferente para vocês (apesar de eu não acreditar que só porque o dia muda no calendário as coisas mudem).



Escrito por Vivis às 20h08
[] [envie esta mensagem] []


 
  

compaixão
Datação
sXIV cf. IVPM

Acepções
■ substantivo feminino
sentimento piedoso de simpatia para com a tragédia pessoal de outrem, acompanhado do desejo de minorá-la; participação espiritual na infelicidade alheia que suscita um impulso altruísta de ternura para com o sofredor


Etimologia
lat. compassìo,ónis 'sofrimento comum, comunidade de sentimentos, opiniões comuns, simpatia'; ver 2pass-; f.hist. sXIV compaxom, sXIV cõpaixoes, sXV compaixão, sXV compasiom, sXV compassom

Sinônimos
ver sinonímia de beneficiência e comiseração

Antônimos
ver sinonímia de malevolência

 



Escrito por Vivis às 11h20
[] [envie esta mensagem] []


 
  

esse blog está com os dias contados, assim como os meus dias aqui no .br...

eu to com medo.

mas já estou pensando nas coisas práticas da vida, como uma boa virginiana: preciso cancelar meu celular, pedir a autorização do governo chileno para trabalhar, tirar a habilitação internacional, solicitar meu RUT de extrangeira no chile, comprar um celular no chile (gente um iphone lá é muito barato), começar a separar os livros que vou levar, escolher uma escola que ensine espanhol pra gringo...

tanta coisa pra pensar, e no meio disso tem o natal (eca) e o ano novo. e ainda quero fazer festinhas de despedida durante um mês, porque vou sentir MUITA SAUDADE de muita gente que fica aqui.



Escrito por Vivis às 21h45
[] [envie esta mensagem] []


 
  

Olha, dos amigos mais próximos, talvez eu seja a única que sempre disse que não queria morar fora do país.

Aí, a vida dá as voltas que tem que dar e te fazem mudar de idéia.

Quando eu percebi que tudo que eu tentei não deu certo, resolvi que era hora de fugir desse país e tentar ser feliz em outro lugar. Não que as possibilidades aqui tenham se esgotado, não é isso, mas eu estava sufocando sem ter muito para onde ir.

Numa sexta feira de julho, de posse daquelas certezas que só se tem quando se está bêbada e muito triste, decidi que era mesmo hora de partir.

Só que eu não sou uma pessoa que promove grandes mudanças na vida sem que eu tenha certeza de que continuarei tendo um trabalho decente e algum tipo de segurança. Podia ter fugido há uns meses atrás, juntado todo o dinheiro que guardei para ir para a Europa nas férias e ter ido tentar viver de qualquer forma num outro país. Mas eu sou cuzona pra essas coisas, admito. Então esperei, joguei verde e consegui. Nos próximos dias, mais provável em janeiro, eu me mudo para passar uns dois anos fora. Vou pro Chile. Melhor, porque tinha a opção de ir para Angola. E Angola é foda.

Agora, eu não sei o que pensar. Fiz um teste de uma semana e vi que vai ser difícil. Durante a semana que fiquei lá, senti falta de ligar a TV e ter alguém falando português, ficava bastante irritada por ter que comer pollo y papas todos os dias. Mas mesmo assim, mesmo sabendo que vai ser foda eu vou.

Eu vou, não só pelo trabalho que é muito bom - vou aprender mais lá do que se ficasse nessa vida de caixeira viajante que levo aqui - mas também porque eu preciso ser feliz de alguma forma. Eu preciso amadurecer também e não viver nessa minha eterna adolescência.

Mas antes de tudo tentar ser feliz.



Escrito por Vivis às 23h02
[] [envie esta mensagem] []


 
  

to aqui em juazeiro, a cidade é "naisse" tem o rio são francisco, que vejo da janela do hotel, tá chovendo muito, um calor da porra, fui no bodódromo em petrolina, nem tirei fotos.

o bodódromo não é um lugar de corridas de bode, tem uma estátua bizarra na entrada (um bode gigante) assustadora pra quem tem medo de bode como eu. mas os restaurantes são exóticos: em que lugar vou comer picanha de carneiro? e olha, é bom pra cacete...

é isso senhores, sexta volto pra casa. semana que vem, se tudo for como o combinado, 15 dias de santiago, dessa vez, queria ficar em providência, e no final de semana tentarei conhecer o oceano pacífico.

saudades de casa, pra variar, da minha cama, do meu travesseiro e das comidas sem coentro...

 



Escrito por Vivis às 23h31
[] [envie esta mensagem] []


 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]  
 
 
Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, Mulher, de 26 a 35 anos, Música, Livros, Filmes

HISTÓRICO










Últimas faixas





www.flickr.com
Esse é um módulo do Flickr que mostra fotos e vídeos públicos de VivisCarvalho. Faça seu próprio módulo aqui.




Song Lyrics





Eu leio esses!
 alice me persegue
 atire no dramaturgo
 beck em palavras
 blog da soninha
 blog do iturrusgarai
 blog josé saramago
 caralhaquatro
 clarah averbuck
 cordel do fogo encantado
 deise grita
 diário da odalisca
 dois²
 dr. pepper
 estalos & afins
 eu nem comento
 feitos, fatos e frivolidades
 garotas que dizem ni
 gimme some truth
 i blame my parents
 ilustrada no pop
 lele
 los hermanos
 love is no big truth
 mombojó
 music of convenience
 não dois, não um
 o2 neurônio
 pedro doria
 pensar enlouquece
 pergunte ao urso
 sem gelo - um blog puro
 silenzio, no hay banda
 tabaco aditivado
 te dou um dado?
 trem de mineiro
 vai que cola
 vício auditivo
 xico sá
 zé simão


Firefox

Download Day - Portuguese



 
web site analytic